TPM – Teste da Paciência Masculina

TPM
Quem convive com as mulheres sabe que o assunto é delicado. A TPM varia entre elas, algumas são fulminantes, explosivas, outras passam despercebidas. Uma boa definição que escutei é que esse período é reconhecido pela mulher quando ela sente vontade de matar alguém, sem motivo aparente. Claro que essa definição é a chamada fulminante onde os sentimentos parecem dar uma sensação que vão explodir e sobra pra quem estiver por perto.

Minha visão masculina é que realmente há uma mudança orgânica, todo corpo da mulher muda e aprender a lidar com essas transformações que ocorrem todo mês é uma aprendizagem tanto para a mulher, como para o homem.

Sim, para o homem porque apesar de não sentirmos fisicamente o que as mulheres sentem, estamos próximos e percebemos esse período através da mudança do comportamento feminino. As emoções ficam mais afloradas, a irritação chega mais fácil, a paciência diminui e em alguns casos o stress ganha grandes proporções.

Conviver com tantas mudanças em um curto espaço de tempo, mostra o quanto a mulher é especial e complexa. Cabe a nós homens nesse período, sermos mais tolerantes, sensíveis, escutar mais, ao invés de nossa praticidade habitual de dar conselhos e simplificar as coisas.

Um amigo uma vez comentou:
– As mulheres não precisam de um homem e sim de um ouvido. Concordo em parte, às vezes o simples escutar é o que elas necessitam realmente.

E viva as mulheres que com ou sem TPM são essenciais na vida de qualquer homem!

Frederico A. S. da Luz – 05-03-2013

Anúncios

Disciplina, Paciência e Amor

Hoje estava refletindo sobre a vida e pensei nessas três simples palavras, como sendo uma espécie de “fórmula” para levar uma vida feliz. Entendo que se conseguirmos colocar em prática e exercitá-las tudo se torna mais fácil.

Por que disciplina? Sem ela dificilmente conseguimos as coisas. Toda conquista requer certo esforço, e os obstáculos com certeza existirão, para superá-los só mantendo a disciplina. Não a interpretem como sendo algo rígido e imutável e sim, como algo que reforça nossa vontade de vencer e superar obstáculos, talvez a palavra certa fosse persistência, para lutar e conseguir o que se deseja.

Paciência é uma qualidade que confesso que muitas vezes me falta. Mesmo fazendo tudo certo, mantendo a disciplina e persistência, pode ser que não se consiga alcançar o que se deseja. A vida é assim, enquanto não entendermos que não temos o poder e controle sobre ela, normalmente sofremos, seria tão mais fácil, simplesmente aceitar as coisas como elas são, tendo a consciência tranquila de ter feito o que estava ao seu alcance, aceitar nossa limitação.

O amor é o sentido de tudo. Uma vida sem ele é uma vida sem vida, perdoem a redundância. Amar e aceitar as pessoas como são, é um constante exercício, algo que só fornece mais energia, para seguirmos cada dia em frente. Somos humanos e isso significa que acertos e erros serão uma constante em nossas vidas, aceitar isso em você e nos outros facilitaria muito.

Disciplina para lutar, paciência para aceitar e amor para compartilhar, será que não conseguiríamos exercitar?

Frederico A. S. da Luz –03-04-2011