Caminhos e expectativas

Expectativas
Viver sem expectativas é bom? Sim, e não.

Sim, porque vivendo dessa forma o que vier é lucro, usando um ditado popular. Não, porque dessa forma não almejamos nada, ou seja, não nos esforçaríamos para chegar a algum lugar.

Refletindo sobre o tema, acho que como tudo na vida, não é uma resposta de 8, ou 80. A vida apesar de ter extremos, a maior parte do tempo acontece no meio de ambos.

Entendo que seja interessante almejarmos e sonharmos, ou seja, criar algumas expectativas e realizar movimentos para que estas se concretizem. Só temos que saber que apesar de todos os esforços, às vezes elas não acontecem.

E apesar de queremos chegar a determinado lugar, a vida nos leva a outro. Explicação para isso? Não sei se há, acho que tudo que a vida nos proporciona serve para crescer, evoluir e apesar de muitas vezes nossas expectativas não serem atingidas, temos que estar tranquilos que o caminho a seguir foi o correto.

Como teremos segurança em saber isso?
Não teremos, a vida é uma caixinha de surpresa.
Temos que estar preparados e saber lidar com os extremos, bem como as variações mínimas que compreendem nosso cotidiano, trabalho, amigos e família que são as relações que nos dão energia para seguir em frente, mesmo sem saber se o caminho é o correto, e se as expectativas serão alcançadas.

O bom da vida é isso, é termos a certeza da incerteza. E nos permitir curtir e alcançar o esperado às vezes, bem como se surpreender e aproveitar o diferente, o que não estava planejado, sempre trilhando seu próprio caminho.

Frederico da Luz – 26-07-13