Respeito ao Luto!

Eu vim a conhecer o que é o “luto” da forma mais drástica possível: perdi a minhã mãe! Uma grande mãe! Eu já era uma mulher adulta! Mesmo assim, foi um corte desestabilizador!

Em verdade, toda grande perda que vivemos é sempre a pior que possamos imaginar… mas a minha foi direto na raiz da minha vida!
Diversos fatos da vida podem nos fazer passar por um grande período de luto.. a perda de um ente querido, o fim de um relacionamento, a certeza da perda de um grande sonho ou uma tristeza profunda… o luto é um momento que simplesmente deixa a gente fora de nós mesmos… e o pior.. sem rumo…

O luto vem em decorrência de alguma circunstância da vida que te leva a romper drasticamente com algo que era bom, e você não queria que acabasse… mas simplesmente acabou e não tem volta! E então a gente sente a alma se rasgar por dentro, sem que ninguém e nenhum remédio possa curar… Cruel assim!

E a gente tem que aprender a lidar com a nova vida! Sim… é uma “nova” vida… Apesar de toda a dor que existe, o luto traz mudança e, ao longo de algum tempo veremos um grande crescimento… existem fatos e pessoas que são insubstituíveis… mas mesmo sem elas continuaresmo a ter muitas outras boas surpresas na vida…

Mas quanto chega o luto, pode haver uma necessidade de extrema quietude… ou de agito extremo.. cada um é que sabe… O “luto” é um processo que deve simplesmente ser r e s p e i t a d o . . . porque se agente não vive ele no momento certo… ele pode querer voltar m a i s t a r d e…. e pode ser ainda pior…

Respeitar o momento… não nos cobrarmos em excesso neste período…. fazer as coisas estranhas que eventualmente queiramos fazer para tentar esvaziar toda a dor da alma…

Por isso, quando este momento chegar, façamos o que a alma pede para fazer.. seja silenciar.. seja trabalhar em dobro… seja agitar demais….seja o que for, respeitemo-nos! Mas estejamos atentos para que a nossa tristeza não vire em um desespero destruidor! Se sentirmos que nossas atitudes possam estar saindo do controle… talvez seja recomentado procurar a ajuda de um profissional… alguém que tem por ofício simplesmente cuidar da gente no momento que nosso chão ruiu… certamente não trará nada de volta, mas poderá nos auxiliar a descobrir as bonanças que (acredite!) virão depois da grande tempestade!

Josi Sonagli

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s