A metade da laranja, existe?

Essa questão é tema de muita discussão e pouco consenso. Eu tenho uma forma de pensar, digamos não tão romântica, apesar de me achar um romântico, que coerente que sou.

Penso que não existe alma gêmea, cada um vem ao mundo completo, inteiro, pronto para ser feliz. Temos tudo que precisamos para isso, não é ninguém além de nós próprios responsável em ser ou não feliz. Nosso vazio, não será preenchido por ninguém. Colocar todo esse peso em cima de uma relação, do outro, é o começo do fim.

Para que uma relação tenha futuro, seja duradoura, entendo que ambos, devem ter segurança do que querem para sua vida, qual o seu objetivo. E este objetivo não pode ser, o outro, viver em função do outro. Coisas do tipo, tu é minha razão de viver, são coisas lindas para uma música, mas não para a realidade, para a vida.

Sabendo o que cada um vislumbra para sua vida, e sendo estes pontos semelhantes, é um ponto positivo, depois vem às semelhanças, que não precisam ser tantas assim, há casais que são opostos que vivem muito bem, assim como casais semelhantes que também sucesso na relação. O quero dizer com isso? Não há “receita de bolo”.

A questão de viver, morar, casar com outra pessoa é uma opção que deve ser, além de emocional, consciente, para que não ocorram frustrações e sofrimentos. Temos que ter claro que existirão momentos que estaremos “putos” querendo ficar sozinho, e o outro não necessariamente tem haver com isso. Só que ele vai estar ali, e talvez esteja tão assim como você. Assim deve-se estar claro a respeito da escolha, de se permitir o crescimento tanto pessoal como do relacionamento.

Escrevi e escrevi e não disse nada, aqui estou tentando fazer a tal “receita de bolo’, quem a tiver, imploro, me dê, me venda, pago bem…

 

Frederico A. S. da Luz 13-05-2012

Anúncios

10 thoughts on “A metade da laranja, existe?

  1. Frederico, adorei o texto, e tbém não tenho a receita!!! Acredito que a única pronta que existe é àquela da época dos nossos pais, e lembro que tu ja comentastes algo em outro texto…
    Tbém concordo com a Meg, acredito em afinidade, energia, aquele click, e estamos nesta caminhada para encontrar, reencontrar, espíritos afins, mas acima de tdo estamos aqui para nos aprimorarmos, evoluir, aprender…e essa missão só é possível em carreira solo, podemos ter companheiros, de estrada, de aprendizagem, mas no momento da verdade, somos nós, nossa consciência e o grande arquiteto do universo, em essência somos in-dividuos, e como tal precisamos caminhar(a nossa caminhada interior)

    Se estivermos prontos para estarmos só, acredito que estamos dando o primeiro passo para estarmos com alguém…

    Resumindo me amigo, a Receita não existe….

  2. Tô contigo! As pessoas estão prontas sozinhas, sem precisar de uma muleta para levar a vida!

    Penso que não há receita de bolo, mas o relacionamento onde os dois tem afinidade pelas mesmas coisas
    E olha que não estou falando em ter planos para o futuro, e essas coisas mais sérias! Eu falo do dia a dia, da futilidade mesmo, ehehehe. Falo de olhar TV junto, de tomar um mate, de reunir os amigos, de ficar quieto sem conversar, de conversar bastante, de dar gargalhadas, planejar uma viagem, planejar ficar em casa…

    Graças a Deus e aos meus aprendizados da vida, hoje sou realizada e acho que tenho a minha metade da laranja.
    O meu conselho não é uma receita de bolo mas é simples: Nunca deixar a tua essência para tentar se ajustar ao outro! A “metade da laranja” precisa gostar da gente do jeito que somos! Erra quem pensa que precisa se transformar em outra pessoa para poder alegrar o outro e finalmente ser feliz!
    Se tu precisar mudar a tua essência para conquistar alguém, melhor procurar outro alguém!

    Bjo

  3. Almas gêmeas existem? Talvez seja pura utopia do pensamento, mas deve estar presente nos sonhos, nas pretensões, nas vontades de quem quer um dia amar de verdade e encontrar a felicidade a dois.
    Não há uma receita pronta e disponível em lojas, famárcias, supermercados,… Também não está disponível para os mais ricos, para os mais inteligentes,…
    A verdade é que a vida a dois não é nada fácil… Até pq as pessoas são diferentes e precisam para se relacionar saber bem disso.
    Como é difícil tudo isso, mas vale a pena tentar!!!
    Abraço!!!!!

  4. Adorei e concordo,mas como tu me conhece ..e como…tu sabe como tenho me esfoçado para viver esata reslidade que cad dia acredito mais.
    Texto maravilhoso!!
    bjbjjb

  5. Olá Frederico!! Concordo que não precisamos de uma pessoa ao nosso lado para sermos felizes, mas com certeza as nossas relações sociais e amorosas (se forem mentalmente saudáveis) nos fazem muito felizes!! Acho que receitas não existem mesmo, porque cada um faz o seu bolo, ao seu gosto, e fazendo ajustes ao longo dos anos… Eu posso dizer que encontrei a minha metade da laranja, mas se vamos ter um “encaixe eterno” daí é tema para outro texto, porque as vezes de tanto ajustar a receita do bolo, ele desanda… hehehehe 😉

  6. Fred acredito na sintonia, na vibração.. Quantas vezes entramos em um ambiente que nos faz mal? E outros que nos sentimos bem? Acredito que como almas milenares nos envolvemos com uma quantidade enorme de outras almas. Uns nos fizeram muito bem, outros nem tanto.. Mas vc já teve a impressão de ter conhecido tal pessoa tamanha é sua afinidade? Acredito que quando falamos em “alma gêmea” não estamos falando que ela é nossa outra metade, porque simplesmente não existe outra metade de um espírito. Acredito que são pessoas que amamos e nos fizeram felizes em outras encarnações. Ainda digo mais.. Como nem sempre a gente nasce com o mesmo sexo, a nossa afinidade e vibração poder ser com o mesmo sexo, assim, como um grande amigo…Que talvez ele fosse em outra vida sua esposa, seu filho etc. Como espírita essa é minha explicação. Estamos em uma fase de evolução e meu conselho é: Seja lá qual a pessoa que você tenha escolhido para compartilhar essa vida, sempre a veja pelo lado positivo. Saiba somar e multiplicar, nunca dividir. Beijo grande, adorei seus textos!

  7. Dificil né Frederico encontrar tal receita ,adorei o texto,sabe q acredito q cada “um” ten ou encontra a sua receita p “levar” a vida a dois ( q por sinal “nada fácil”) Mas tem uma coisa q ñ gosto :pq metade da laranja sendo esta fruta na maoiría das veses azeda.
    Será quen inventou ésta frase “encontrou” justamente as Azedas rsrsrrsrsrs.
    Parabéns pelos lindos e polémicos textos.

  8. Belo texto! Concordo, ninguém completa ninguém. Se n estivermos inteiros, viveremos aos pedaços..tanto só qto acompanhados.
    Mas… se encontrar a receita, me conta..rs!

  9. Sem receita, no teu primeiro parágrafo dissestes tudo!
    Somos inteiros e precisamos acreditar nisso!
    Podemos encontrar pessoas inteiras e não pedaços de nós!
    Estamos vivendo um tempo de mudanças de paradigmas!
    Não existe metades e sim pessoas.
    Não existe viveram felizes para sempre, e sim estamos felizes.
    Não existe o príncipe encantado, e nem princesas presas no castelo…
    Existem pessoas e vidas.
    Gostei do tom maduro que escrevestes,,,
    Beijos

  10. O negócio é deixar levar mesmo Frederico.. e a gente sabe que se não tem a metade da laranja, dá pra encontrar a metade da maçã,da pera ou da bergamota hahaha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s