Gaia – Somos todos um só

Gaia

Na mitologia grega, Gaia é o nome da deusa da Terra. Gaia é a personificação do planeta Terra, representada como uma mulher gigantesca e poderosa. Em homenagem à deusa grega, a Teoria de Gaia (também conhecida como Hipótese de Gaia) foi criada pelo cientista britânico James E. Lovelock. Nela o cientista descreve o planeta Terra como um organismo vivo.

A teoria de Gaia nos proporciona reflexões importantes. Sendo a terra considera um organismo vivo, todos nós que fizemos parte dela temos um papel importante para seu funcionamento. Se a teoria estiver correta, e a lógica é muito interessante, teríamos uma função importante e essencial para o bom funcionamento e harmonia do planeta, não sendo mais importante o individual e sim o coletivo.

Não basta que parte da população tenha recursos ilimitados e a maioria sobreviva com dificuldades. Seria como se analisássemos uma pessoa com um coração saudável, mas consumida por um câncer generalizado. O exemplo é absurdo, mas a intenção é retratar o que estamos fazendo com nosso planeta. Extraindo e explorando de tal forma que ele já começa a mostrar sinais de descontentamento. Seriamos nós, os seres humanos, o câncer de nosso planeta?

Acredito que não, mas muitas vezes agimos como se fossemos. Hoje o foco é o individualismo, temos que ser o melhor, o destaque, o todo poderoso, e os outros ficam sempre em segundo plano. Entendo que uma consciência maior de comunidade e de compreensão que fizemos parte do mesmo todo é fundamental para que possamos construir um lugar melhor.

Ou você se sente confortável, em saber que para que alguns estejam bem, há um sacrifício da maioria? E se formos o câncer do planeta, uma hora ele vai querer se curar (nos eliminar), ou simplesmente morrerá… Cabe a nós definirmos que papel nesse grande organismo teremos… Seremos o problema, ou a solução? Com a resposta, vocês…

Frederico da Luz – 27-02-2014

Anúncios