QUE TAL UMA VIAGEM?

Para expandir os horizontes da mente… VIAJE!

À medida que se vê quão grande é o mundo… os problemas vão simplesmente reduzindo de tamanho!

Viajar nos coloca em contato com o mundo inteiro, não importa o local para onde estejamos indo! Até mesmo em uma cidade vizinha! E vemos, sempre, muita coisa que nunca vimos… uma correria desenfreada… ou uma quietude que até surpreende,… diferenças culturais que nos trazem uma nova percepção de mundo! Diferentes pessoas, com as quais temos oportunidade de trocar diálogos, ou meras gentilezas, que seja!

E a culinária então.. humm…. adoro muito conhecer novos pratos! É… nisso nem sempre a gente acerta…. mas… faz parte!
Eu particularmente, não desperdiço uma oportunidade de viajar! E se não aparece uma oportunidade, crio uma!

Gosto de unir o útil ao agradável, de modo que adoro viajar tendo um segundo propósito, além do turismo! Mas.. viajar só a turismo… é algo irresistível, não?

Em cada local sempre há um encanto! Uma história ou uma noção de evolução! Um despertar para o progresso ou uma gostosa nostalgia! Um sonho! Não gosto de viajar com roteiro totalmente definido, e muito menos com agência de turismo! Não que não exista um serviço adequado: ao contrário, para quem deixa de viajar por ter medo do novo, se sente inseguro, contratar pacotes é o melhor caminho para fazer algo tão maravilhoso! Mas, o gostoso de viajar é liberdade que isto te proporciona! Um roteiro com algumas ideias é importante.. o resto… a vontade e as emoções vão definindo!

E isso eu digo porque.. bem.. a vida as vezes traz algumas situações que não são exatamente o que desejamos… e cabe a nós a escolha. E, assim sendo, certa vez fui parar em Portugal, por um intercâmbio de um mês! Ocorre que meu maior sonho era conhecer Roma! Ao final do intercâmbio, estávamos livres para viajar. Então, parte do grupo queria ir para Paris, e eu para Roma; eu era um voto totalmente vencido, se quisesse ir em grupo. E assim, quase deixei de realizar meu sonho, porque… imaginem.. eu, na Europa.. andando sozinha por aí… não era algo muito a minha cara! Mas.. sabem o que fiz? Isso mesmo, pensei: “Não estarei feliz subindo na Torre Eiffel, sem antes conhecer o Coliseu”! Nem pensei muito, e fui!

Roma era um sonho que eu nutria desde os 13 anos de idade!! Nunca imaginei que faria isso sozinha! Mas foi uma realização indescritível!!! Uma experiência que incentivo a qualquer um que a vida traga a oportunidade! A vida trouxe o sonhos: era “ir” ou “não ir”… e sendo assim, fiz uma escolha muito feliz!

Mas para que uma viagem seja boa, e engrandecedora, nem precisa ir tão longe! Quantos lugarzinhos maravilhosos há nas proximidades onde moramos, loucos para receber uma visitinha nossa?

Um simples dia em um novo lugar qualquer, pode fazer a alma percorrer milhares de quilômetros!
E não importa quantos dias.. não importa de que modo: de ônibus, de carro, de avião! De moto, ou até bicicleta, por que não?

Se depender de tudo de bom que sempre sinto depois que volto de qualquer viagem, até mesmo das rápidas viagens de final de semana, para assistir as aulas da pós-graduação, minha proposta é apenas esta:

– Permita-se! Ouse! Viaje!

E depois, conte aí.

Josi Sonagli

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s