Dores

CLIQUE AQUI – leia escutando a música

Já quebrei o pé e doeu. Já tive enxaquecas e doeu. Já tive muita dor nas costas e doeu muito. Todas dores suportáveis, que com a medicação certa, passaram. Mas existe uma dor, que não existe remédio que a faça sumir… A dor de um coração partido.

Seja qual for a causa dessa dor (ter tentado e não ter dado certo, não ter tentado, não ser sido correspondido, ter sido traído) o que resta no fim de tudo é aquela sensação de vazio, de ver o mundo em preto e branco de ter que fazer um esforço enorme para seguir vivendo e preenchendo os dias que agora parecem mais longos com outras sensações…

Ninguém morre disso, todos nós sabemos, mas acredito que a cada vez que o coração da gente se quebra, perdemos um pouco do brilho no olho, daquela sensação ingênua e boa de acreditar na possibilidade de os contos de fada virarem realidade.

Não, eu não quero um conto de fadas, no sentido literal da palavra. Tenho minha própria ideia do que seria um de verdade: não alguém para me salvar da bruxa má, mas alguém com quem eu possa tomar um vinho no fim do dia e exorcizar meus demônios, não alguém para me salvar da torre, mas alguém para me pegar em casa e tomar um chimarrão vendo o por do sol mais lindo do mundo, não alguém que me beije para eu acordar de uma maldição, mas alguém para dormir abraçado e esquentar a cama em uma noite fria de inverno.

Por mais que me considere uma pessoa feliz, uma “laranja inteira”, acredito que ter alguém com quem compartilhar os dissabores da vida, é um privilégio que a cada dia que passa é realidade para poucos…

Mas tudo isso pode ser só TPM, ou cromossomo XX demonstrando que não está ali por acaso… ou então como diria Gabriel Garcia Marquez:
“Quem sabe Deus queira que conheças muita gente enganada antes que conheças a pessoa adequada para que, quando no fim a conheças, saibas estar agradecido.”

Colaboradora Senhorita Criativa

Anúncios

7 thoughts on “Dores

  1. Grande Frederico, não sabia que tinha um escritor tão intimista como amigo. Muito show o texto, aliás todos eles. Leitura diária!!! Abração

  2. Bom Fred..eh!eh!eh!Esse teu texto de hj é tão completo e real mesmo!!!!que nâo vai ter comentários,rincipalmente meus quem tu conheces tão bem…eh!eh!eh!
    bjbjbjjbj
    EU TE AMO!!!

  3. “conheças muita gente enganada antes que conheças a pessoa adequada…” acredito nisso…

  4. Frederico, como tu consegues captar tanta alma ???
    Sofre por amor faz parte dos príncipes e princesas da vida real… depois de sentir esta dor q chamo de física, brico que quando paramos de procurar somos achados!!!!eijão

    beijosa

  5. Que lindo teu texto,confeço q me emocionou.Esse final de Gabriel Garcia Marquez fui o “broche de ouro”.Tenho certeza q en breve você estará agradecendo tambén hehehhe.Abraços

  6. Uau!
    Adorei!
    Principalmente a parte de não querer um conto de fadas!

    E sinceramente? Acho que o nosso “amigo” Gabriel tem toda a razão!
    Conhecer pessoas erradas faz parte do aprendizado… Errar, quebrar a cara, sofrer de amor (aaaah, como já sofri! E doeu…) serve mesmo valorizar o alguém certo que siiiim, vai chegar!

    Eu que sou uma “laranja e meia”, ehehehhe Posso te afirmar isso, meu amado!

    Bjão da Prima que te ama! Bom domingo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s