Fazer, ou não fazer?

O quê fazer? Na verdade essa é a questão.
Me sinto às vezes paralisado, só que ao mesmo tempo inquieto. Sinto que devo dar uma grande guinada na vida, só não sei qual.
A ansiedade com minha inércia, me angustia, sufoca, chego a literalmente paralisar.
O racional tenta encontrar alguma saída, o emocional se expande e eu paro, congelo, fico imóvel.
O que será isso?
O que devo fazer para me livrar dessa sensação tão ruim.
Tento ficar tranquilo, pensando da seguinte forma:
No momento certo saberei o que e quando fazer.
O problema é a ansiedade, essa não me larga, ela sou eu literalmente.
Quero que as coisas aconteçam pra ontem, só que lutar contra o tempo e a vida é algo que não se deve fazer, até por que não há vencedores nesta situação, apenas derrotados e estes já são conhecidos.
Por que temos ansiedade? Por que não conseguimos viver no agora, ou sofremos com os erros do passado, ou nos angustiamos, com a incerteza do futuro. E esquecemos de viver a única coisa que realmente existe, o presente.
Simples assim, devemos viver o presente, o momento, o agora, o resto não existe, o passado já foi, o futuro ainda virá, o concreto é o hoje.
Compreender que existem coisas que não são racionais, lógicas é um passo a ser dado, difícil, no entanto, necessário. Aceitar as coisas que não podemos mudar é algo complicado, nos sentir de certa forma impotente é alto frustrante, só que entender e perceber aquilo, faz bem.
Temos limites, eles são feitos para compreendermos certas coisas, que a vida quer nos ensinar.
Não estamos no controle, reconhecer isso, é um bom começo.
Tá…então, resumindo o que fazer?

Frederico A. S. da Luz – 19-10-2011

Anúncios

One thought on “Fazer, ou não fazer?

  1. O que fazer ?
    Como seria fácil se tivessemos a receita sempre. Na verdade a vida é feita de escolhas, seja pelas oportunidades que surgem, seja pelas condições que construímos. Porém “O que fazer ? ” Sempre dependerá de nossas escolhas. Fazer um aventura de bicicleta nos nos Andes é uma escolha, é vivenciar momentos e paisagens que poucos te a oportunidade de viver. Curtir e ter o cuidado em cada pedalada é uma grande responsabilidade com quem está torcendo por vocês para que tudo de certo e que os imprevistos sejam minimisados. Boa pedalada! Abç Guto Nadal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s